O período veraneio, que teve inicio em 6 de julho, acaba nesta quinta-feira (5) em Imperatriz. Durante esses 60 dias , não foram registrados acidentes ou afogamentos nas praias do Meio e do Cacau. De acordo com o levantamento realizado pela Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil, uma média de 130 mil pessoas frequentaram as praias da cidade durante toda a temporada.

Durante os dois meses, foram realizadas atrações culturais e shows da banda Tadin de Nois, Wellington Tigrão, Kevin Baetz entre outros.  A estrutura das praias contaram com banheiros químicos, iluminação e limpeza.

O saldo positivo da temporada é o resultado do monitoramento e suporte por parte da Defesa Civil e Prefeitura. A parceria funcionou juntamente com os Bombeiros, Polícia Militar, Marinha do Brasil

Para a advogada Teresa de Lisieux, que é uma frequentadora das praias de Imperatriz, as boas expectativas para esse ano foram superadas. “A estrutura estava muito boa. E a população estava mais educada em relação aos anos anteriores no quesito lixo, acredito que tenha sido o resultado de um trabalho educativo com a população”, explicou.

A novidade de 2019 foi a instalação de placas metálicas no trajeto do riacho Cacau até as barracas para os frequentadores, principalmente para as pessoas com mobilidade reduzida. De acordo com o Superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão Silva, as placas garantiram o acesso adequado daqueles que precisam. “Antes, boa parte dessas pessoas não podiam frequentar nossas praias por falta da mobilidade adequada. Essa ano, a realidade mudou e essas ações proporcionaram muita diversão para todos”.

Não houve acidentes durante o período veraneio em Imperatriz. (Foto: Jean Camapum)

Para o encerrar o período veraneio, a banda Favoritos do Forró, a dupla Rony Cesar & Rael e o cantor Stênio se apresentam na Praia do Cacau. A programação especial inicia a partir das 22h. A iniciativa é organizada pela Associação dos Empreendedores da Praia do Cacau em parceria com a Prefeitura de Imperatriz, por meio da Fundação Cultural.