Os cinco sotaques do Bumba Meu Boi do Estado do Maranhão

REPRODUÇÃO

O Bumba Meu Boi é uma das principais manifestações artísticas da Cultura Maranhense. No período de São João, é predominante entre as atrações juninas. 

Os grupos de bumba boi possuem estilos rítmicos diferentes, esses estilos são conhecidos como sotaques. Os sotaques são distinguidos de acordo com a especificidade de expressões e padrões de instrumentos, coreografias, indumentárias e personagens de cada grupo. Existem cinco tipos de sotaques, são eles: Sotaque de Matraca, Sotaque de Zabumba, Sotaque de Orquestra, Sotaque da Baixada e Sotaque de Costa-de-Mão.

A pesquisadora e especialista em Gestão da Cultura, Marla Silveira, exemplificou cada sotaque com suas características. 

Sobre o sotaque de Matraca, ela destaca que os principais instrumentos são as matracas e os pandeirões. “Os instrumentos são tocados na posição em cima do ombro dos pandeireiros e dos matraqueiros. O caboclo de penas, usa um cocar com penas na horizontal e veste saiote, gola e adereços nos braços e pernas, de penas de ema tingidas em cores variadas, as índias também tem sua indumentária feita com essas penas, têm ainda os caboclos de fitas e o chapéu desses brincantes é usado com a aba virada na frente”, completou ela. 

O sotaque de Zabumba é da cidade de Guimarães e foi o primeiro a surgir. Marla falou sobre os instrumentos usados nesse sotaque, que são as zabumbas e pandeirinhos. “São esquentados no calor da fogueira e são revestidos com couro de animal. Os brincantes dançam formando um semicírculo na maior parte da apresentação”. O ritmo de Zabumba é um dos mais acelerados entre os sotaques. 

O uso de instrumentos de corda (banjos), metais (saxofone, trombone e trompete) e de sopro (clarinete) , é a principal característica do sotaque de Orquestra, que recebeu essa denominação por acrescentarem esses instrumentos aos instrumentos de percussão do ritmo. 

Considerado o ritmo mais lento, o sotaque da Baixada é originário de duas cidades: São João Batista e Viana. “Os instrumentos usados também são as matracas e os pandeirões, porém o tamanho dos pandeirões desse sotaque é menor do que os de sotaque de Matraca. O tocador de pandeirão segura o instrumento na altura da perna. Caracteriza-se pelo chapéu dos caboclos de fitas que apresentam uma enorme aba virada para cima, bordada e adornada com penas de emas”, explicou Marla. 

E o último sotaque é o Costa de mão, que tem como principal característica a forma em que os pandeirões são tocados, com as costas das mãos. A pesquisadora cita que os instrumentos principais desse ritmo são os maracás de metal, tambores-onça, pandeirões e taróis. 

Os sotaques do Bumba Meu Boi são umas das maiores expressões culturais do São João do Estado do Maranhão e com a temporada junina chegando, esses grupos já se preparam para as apresentações que ocorrem durante a época.

 

Leia Também