Texto e fotos Lindiane Sousa

 

O comércio de Imperatriz já começou a contratar funcionários temporários, para os empregos de Natal e Ano Novo. As expectativas de crescimento das vagas para empregos giram em torno de 20% e 30%%, segundo o presidente da Associação dos Lojistas do Calçadão (ALC), empresário Manoel Marcone Marques. O empresário observa com bons olhos as contratações temporárias. “Já começamos a recrutar o pessoal para as vendas de fim de ano, visando o preenchimento das vagas para os empregos de Natal e Ano Novo”, acrescenta.

Marcone destaca, a propósito, existir em sua empresa, Tok Bolsas, 10 vagas, mas vem encontrando dificuldades para preenchê-las em razão da falta de preparo da mão de obra de que deseja ingressar no mercado de trabalho. “Em nossa loja, temos diversas vagas, mas, infelizmente, ainda não conseguimos preencher nenhuma, pois as dificuldades para encaixar essas pessoas nos quadros disponibilizados são grandes”, pondera.

Comércio na área central da cidade deve empregar mais neste fim de ano

Comércio na área central da cidade deve empregar mais neste fim de ano

Sobre esse assunto a professora Eva Bianka, bacharel em Administração de Empresa e MBA(cursando)Marketing e Recursos Humanos, fala sobre o Marketing Pessoal como uma ferramenta muito poderosa. “O candidato tem que saber “vender”, a sua imagem. Com ética, apresentação adequada para o ambiente que o candidato almeja trabalhar. Saber falar, ou mesmo saber se expressar verbalmente é essencial, ter o vocabulário correto sem gírias e vícios de linguagem, ter postura, olhar nos olhos do entrevistador, ter um aperto de mão firme”, explica a professora.

Bianka aconselha também transmitir comprometimento, pro- atividade, e mostrar que veio para acrescentar a aquela empresa de interesse. “Recomendo, antes da entrevista, que o candidato esteja sempre atualizado, sempre buscando informações necessárias que agreguem ao seu conhecimento intelectual e profissional. Deixo registrado, que diz respeito ao seu currículo. Sinceridade e honestidade sempre”, acrescenta Bianka.

Segundo uma pesquisa realizada em todas as capitais e no interior pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas(CNDL)os comerciantes entrevistados projetam em média apenas, uma queda de 1,8% no volume de vendas para o final deste ano na comparação com o mesmo período de 2015.

O empresário Francisco da Silva Almeida, o Chico Brasil, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), ressalta que o comércio de Imperatriz, a exemplo do que ocorre em todo o país, não só contrata como também qualifica, ao mencionar os diversos cursos e treinamentos promovidos pela instituição que dirige. Chico Brasil é outro otimista em relação ao aumento do volume de vendas no comércio de Imperatriz no período que antecede o Natal e durante as festas de fim de ano.

A afirmação é feita, principalmente em virtude de o mesmo ter participado, em Fortaleza (CE), do 26º Encontro Regional da Beleza, maior evento de beleza do Norte e Nordeste, quando os empresários reafirmaram confiança na elevação das vendas durante os próximos meses. “Portanto, acreditamos que os empregos temporários serão a oportunidade para maioria dos candidatos ingressarem no mercado de trabalho, inclusive em nossa cidade”, complementa o empresário.