A ong recanto dos peludos começou as arrecadações do seu bazar

A ong “recanto dos peludos” devido a sua lotação excessiva continua com suas tentativas de concluir sua reforma que permeia por mais de 1 ano, dentre elas temos bazares, rifas, vendas completas externas, pedidos de ajuda e patrocínio. Todas essas alternativas foram concluídas e ainda não foram o bastante para suprir os gastos da referida ong. Atualmente a ong conta com mais de 100 animais sendo variados em idades, tamanhos e estados de saúde, sendo necessário uma atualização da estrutura geral, grades, cômodos e apetrechos para os “dogs”.

“Já teve casos de recebermos algumas quantias menores e em outros casos recebemos carrada de areia e valores na casa do milhar”, diz lucineide .

O apoio financeiro para custear os gastos diários do recanto (remédios, cirurgias, internações, produtos de alimentação e higiene e etc) são derivados de todos os eventos organizados pela equipe do recante e de doações anônimas e podendo variar para todos os tipos e quantidades. Sob uma ótica secundária, vale ressaltar que os gastos mensais do recanto são altíssimos e uma pequena cirurgia de um único cachorro já pode chegar na casa do millhar. Além disso, fora os apoios financeiros, todos os outros gastos como transporte para resolver ocorrências de abandono e gasolina, são de exclusividade da defensora dos animais Lucineide.

 

Leia Também