Matéria por Naum Santos Gomes

Com aumento expressivo no valor da carne e considerados até então uma alternativa barata ás demais proteínas animais, o ovo tem sido uma das principais opções para as refeições do dia a dia do cidadão Imperatrizense. Mas, mesmo com sua grande demanda e produção, que em 2019 cresceu em mais de um milhão, o ovo, hoje, vem estado cada vez mais caro para a população.

Devido a alta nos grãos utilizados na alimentação dos frangos, e no aumento de itens necessários para a produção como embalagens, a margem de lucros dos produtores vem reduzindo, o que impacta diretamente no aumento do produto para evitar ficarem no vermelho.

Fala de algum cidadão reclamando do preço

Fala de especialista