Jornal On-line do curso de Jornalismo da UFMA de Imperatriz

Prefeitura de Imperatriz quer economizar R$ 1 milhão por ano com sistema de energia solar em escolas

JOSYCLEIDE DE SOUSA SANTOS

 

Com a instalação do sistema de energia solar nas escolas públicas da rede municipal, a Prefeitura de Imperatriz passará a economizar mais de 1 milhão de reais anualmente, e a tendência é que esse valor ultrapasse a casa de 1,5 milhões de reais. Hoje a rede municipal conta com 120 unidades educacionais, das quais, 37 já foram beneficiadas com o novo sistema.

A implantação começou no final de 2019, com o contrato assinado no valor de R$ 10,1 milhões, sendo instalados mais 7.728 painéis solares para alimentar os sistemas de ar condicionado e demais aparelhos de todas as 37 unidades comtempladas. Vale lembrar que se trata de uma energia limpa e totalmente renovável, tendo como um dos objetivos amenizar as altas temperaturas que chegam à 40°C.

O valor da última fatura antes da implantação do sistema foi de R$ 311.775,59 (e essa era mais ou menos a base de valor pago mensalmente, havendo variações) e a previsão é que a próxima chegue em torno de R$ 285.000,00. A Secretaria Municipal de Educação informou ainda que estima fazer novos investimentos em mais subestações para atender as escolas que têm alto consumo de energia, devido a fase de tensão.

Os benefícios não se concentram apenas na questão econômica e sim no conforto dos alunos e professores nas salas de aula, o que resulta na melhor absorção dos conteúdos e melhorando o aprendizado. De acordo com Maria Vieira, gestora da Escola Municipal Santa Maria (EMSAMA), antes a preocupação era com a ligação de vários aparelhos ao mesmo tempo, mas agora, com esse novo sistema, já é possível fazer uso simultâneo dos equipamentos. “Para ligar um aparelho, precisávamos desligar o outro, devido a energia do antigo fornecedor não suprir ligar vários aparelhos ao mesmo tempo”, comenta.

 

You might also like