A tendência TieDye está ganhando espaço no guarda-roupa e em outros espaços das pessoas que procuram novas atividades para passar o tempo em casa nesse período de isolamento social por causa do Covid-19. A trendy consiste em uma técnica usada para personalizar roupas a partir de tintas, corantes ou alvejantes, formando estampas únicas, mas também pode ser usado na maquiagem, na decoração e onde mais a criatividade levar.

Essa ideia de customização faz parte de um conceito mais conhecido como DIY (Do It Yourself), ou “Faça Você Mesmo”, traduzido do inglês. É um movimento bastante popular onde os participantes optam por transformar, reparar ou construir alguma coisa ao invés de comprar. Assim, o DIY da vez é o TieDye a qual repagina uma peça antiga por meio do tingimento artesanal.

Quando surgiu? 

Formada pelas palavras “amarrar” e “tingir”, traduzida da língua original, a expressão TieDyeganhou popularidade apenas nos anos 70 e 90, com a explosão do movimento hippie, onde os adeptos usavam a vestimenta como um ato político, visando o reaproveitamento de peças e indo contra o consumismo. Porém, alguns estudiosos afirmam que o primeiro registro de uma técnica de tingimento, onde algumas partes do tecido eram amarradas, foi no século VIII no Japão com o nome de “Shibori”.

Atualmente, as peças inspiradas nos anos 70 e 90 voltaram com tudo e o TieDye, que também marcou a época, não poderia ficar de fora. Por isso, assim como a calça mom jeans, biker shorts e as pochetes foram ressuscitadas, a tendência multicolorida também foi.

Quanto mais colorido, melhor!  

Por ser uma tendência que aposta em diferentes combinações de cores e estampas, customizando peças esquecidas no armário e dando uma nova identidade.

Usando poucos ingredientes, o tiedye permite que qualquer pessoa use sua criatividade para confeccionar roupas originais e exclusivas de forma fácil e prática.

Agora que você já está por dentro da tendência, que tal aprender a fazer na sua própria casa? Vem com a gente e confira o passo a passo que preparamos para você!

TieDye para as descoladas: Como usar?

Sem dúvida alguma, a técnica TieDye dá um toque divertido e descontraído aos looks por meio da mistura de cores vibrantes. Por isso, se você deseja sair do básico e é amante de itens mais coloridos, essa tendência é perfeita para você ousar e se divertir.

Apesar da tendência está bem presente em peças de roupas atualmente, ela também pode ser reproduzida além do seu look, sabia?!. Por isso, separamos cinco dicas de como usar a estampa queridinha do momento de diferentes formas e arrasar!

Roupas

Você não precisa ser adepta do movimento Hippie para investir em uma peça tiedye. Os desenhos coloridos combinam, sim, com qualquer estilo e dão um ar de criatividade ao seu look. Para uma produção mais discreta combine uma camisa com estampa tiedye com uma peça mais básica como uma calça jeans. Para um look mais ousado, troque o jeans por uma peça colorida e acrescente uns acessórios.

Unhas

Entre tantas opções de cores de esmaltes, por que escolher só uma se você pode usar todas de uma vez? Leve o tiedye para as suas mãos e crie sua própria nail art. Para criar a estampa, você pode misturar as diferentes cores com a ajuda de uma esponja ou com palito. Fica lindo!

Cabelos

Esse é só para as ousadas que adoram mudar o visual. As cores psicodélicas nos fios garantem um cabelo super divertido e cheio de personalidade. Você teria coragem de fazer?

Maquiagem

A maquiagem multicolorida está ganhando espaço cada vez mais nas redes sociais. Para não errar no truque, aposte em cores que conversam entre si e se complementam. Além de garantir aquele efeito lindo nas pálpebras, a make transborda boas vibrações e muito estilo próprio.

Decoração da casa

Para dar um ar de exclusividade para os seus móveis, objetos decorativos e roupas de cama, invista nessa forma inusitada de colorir os espaços.Transforme a decoração da sua casa e dê mais vida e alegria aos ambientes que precisam daquele up.

Projeto:

Simcom 2020

Resultado:

Jornalismo de moda

Repórteres:

Cassia Castro

Ellen Monteiro

Créditos:

Capa: Cassia Castro

Fotos: (Reprodução/Pinterest)

Vídeo: Ellen Monteiro e Cassia Castro

Orientação

Professora Thaísa Bueno