Texto: Aline Leite e Edinei da Silva

Foto: Edinei da Silva

Imperatriz possui várias escolinhas de futebol, em destaque temos quatro delas: Grêmio, Tocantinense, Marília e JV Lideral, que veem colhendo os frutos de seus trabalhos revelando novos atletas. Desde que foram criadas, elas já encaminharam para a base de times de futebol profissional 97 jogadores, uma média de oito atletas por ano, que em geral têem como destino várias regiões do país. As que mais buscam craques entre os imperatrizenses são do Centro-Oeste, Sul e Sudeste.

Dentre as escolinhas que revelaram novos talentos, está a escolinha do Grêmio de Imperatriz que é uma franquia do time Grêmio Foot-ball Porto Alegrense e que tem parceria com a RRsport. A escolinha é administrada por Rafael Rodrigues e Raydvado Alcântara. Desde a fundação da escolinha, em 2012, foram revelados 14 atletas, sendo que a posição de maior saída é a de atacante, enquanto a de goleiro é a que menos se procura.

A Tocantinense ou Tourão, sob o comando dos treinadores Gilmar Moura e Jairo Nascimento, em quase dois anos e meio de existência já revelou cerca de cinco jogadores. Número que tende a aumentar, como destaca Gilmar Moura ao projetar as próximas ações da escolinha. “No ano de 2020 a escolinha do Tocantinense será uma das equipes representante do estado do Maranhão na copinha São Paulo de Futebol Juniores. É uma competição a nível nacional e também uma vitrine para garotos que sonham em se tornar jogadores profissionais”, afirma.

Em 2020 a escolinha do Tocantinense vai representar o Estado na copinha São Paulo de Futebol Juniores

Já a escolinha do Marília, também conhecida como Azulão, é uma das pioneiras da cidade, com 35 anos de fundação. Conta hoje com 230 alunos matriculados. Segundo o coordenador e treinador Calebe Guimarães “o clube já revelou cerca de 60 atletas que foram encaminhados para o futebol de Imperatriz, Maranhão e fora do estado”. Os times que mais buscaram talentos são das regiões Sul e Centro-Oeste.

A escolinha do JV Lideral, o trator do Camaçari, fundada em 2011, revelou 18 atletas, desde a sua criação. O grande diferencial da escolinha é que desses jogadores revelados, três estão atuando profissionalmente em outros países como Suécia, Ucrânia e Bielorrússia. As regiões do Brasil que mais procuram esses jovens talentos são do Sul e Sudeste. De acordo com Cassyus Kennedy, coordenador, o esporte precisa de mais apoio, pois ele é um formador social. “O que falta mais é só valorização aos professores de escolinha de futebol, porque enquanto atleta, a mente da criança e do adolescente está voltada ao esporte. O esporte é saúde, é educação, é vida. Nós temos um papel social para a sociedade”, explica.

As escolinhas de futebol atendem garotos de seis até 17 anos, funcionam de quarta-feira a sábado, cobram matrícula + kit que podem variar de acordo com a escolinha, e a mensalidade fica entre R$ 50 a 80. Algumas escolinha ofertam bolsas de 50% até 100% para alunos baixa-renda.

Serviço:

Escolinha do Grêmio

Localizado na Rua São Pedro, nº 1105, bairro Nova imperatriz

Coordenador: Rafael Rodrigues e Raydvado Alcântara

Matrícula e kit: R$ 150,00

Mensalidade: R$ 80,00

Telefone: (99) 98130-3916

Rede social: @gremio_imperatriz_cagi

Escolinha do Tocantinense

Localizado na Rua Rio Verde, nº 123, Parque das Palmeiras

Coordenador e treinador: Gilmar Moura e Jairo Nascimento

Matrícula e kit: R$ 150,00

Mensalidade: R$ 50,00

Telefone: (99) 9116-8319

Rede social: @tocantinenseitz

Escolinha do Marília

Localizado na Rodovia BR-010, KM 1386, Vilinha

Coordenador e treinador: Jacó Nogueira e Calebe Guimarães

Matrícula: R$ 50,00

Kit: R$ 120,00

Mensalidade: R$ 70,00

Telefone: (99) 98125-6246

Rede social: @marilia_fc_itz

Escolinha do JV Lideral

Localizado na Avenida Pedro Neiva, nº 80, Camaçari

Coordenador e Treinador: Cassyus Kennedy e Hugo Rocha

Matrícula e kit: R$ 180,00

Mensalidade: R$ 50,00

Rede social: @escolinha_jvlideral

Telefone: (99) 98808-7560