Do interior do Maranhão para o Brasil: Jhayme, integrante da banda Fundo de Quintal OFC, comenta sobre o sucesso do grupo

 

                                                                               Repórteres: Aline Xavier e Guilherme Carneiro.

Fotos: Guilherme Carneiro.

 

A banda Fundo de Quintal Ofc surgiu no Povoado Centro dos Rodrigues, um interior que faz parte do município de Santo Antônio dos Lopes (MA) e que tem pouco menos de 15 mil habitantes. Com instrumentos improvisados, como latas de tintas e outros materiais de construção, a banda que começou como uma brincadeira no quintal de um dos integrantes, hoje já soma mais de um milhão de seguidores no Instagram e 1,85 milhões de inscritos no YouTube.

Composta por Riquelme (15), Rhuan (18), Jhayme (17), Eulisses (13), Victor (19), Denilson (20) e Matusalém (26) e criada em setembro de 2019, os meninos da Fundo de Quintal exercem uma performance criativa e divertida, misturando música e humor, quase sempre em cenários inusitados como em frente a uma pedreira ou à beira de um açude, tudo isso de forma muito espontânea enquanto cantam os hits brasileiros do momento.

Simplicidade e talento definem a banda de garotos mais engraçados do Maranhão, que já foi vista por mais de 100 milhões de vezes na plataforma do YouTube, além de vídeos o sucesso da Fundo de Quintal permitiu aos meninos que também realizassem performances ao vivo, como o show feito pela prefeitura de Santo Antônio dos Lopes no carnaval de fevereiro de 2020, antes da pandemia.

A Fundo de Quintal Ofc já teve feitos surpreendentes, com destaque para o recebimento das placas de 100 milhões e de 1 milhão YouTube, mas um dos momentos mais marcantes para o grupo foi a participação no programa da Eliana, que foi ao ar no dia 21/02/21, na emissora SBT.

Os meninos também já foram notados e compartilhados pela poderosa Anitta, que disse ter adorado o cover deles de “Onda Diferente”, música dela com Snoop Dog e Ludmilla. Outros artistas também já comentaram sobre a banda, como Tirulipa, Luísa Sonza, Whindersson Nunes, a banda Calcinha Preta e outros.

Em entrevista com Jhayme, que tem 24,7 mil seguidores em seu perfil pessoal e é o dançarino da banda, conversa sobre a origem e o futuro da Fundo de Quintal, confira:

 

Como e onde surgiu a ideia da banda?

J: Rhuan mandou mensagem no WhatsApp dizendo que tinha um repique, que é um instrumento de percussão, uma caixa de som e um microfone na casa dele e que ia levar para casa do Denilson para gente tocar e cantar. Fazer uma resenha mesmo. Lá a gente começou a cantar umas músicas estilo piseiro, e o Denilson começou a dançar igual a um vídeo que ele viu na internet. Então eu botei o celular para gravar, depois de já gravado, tive a ideia de fazer uma conta no Instagram para postar o vídeo.

 

E a ideia do nome, veio de quem?

J: Quando eu fiz a conta no Instagram, não sabia qual nome botar, foi então que o Rhuan batizou como “Fundo de Quintal” e o nome permanece até hoje.

 

Quais os projetos e planos para banda Fundo de Quintal Ofc nesse ano?

J: Estamos organizando com nossa produtora Love Funk, nossa ida novamente à São Paulo, para gravamos músicas e vídeos com os artistas de lá.

 

Para você qual a melhor parte de trabalhar com música e humor?

J: Ver o sorriso das pessoas, do maior ao menor, do velho ao novo. Gratificante.

 

Quais dificuldades vocês tiveram no começo?

R: Sofremos muito hater, até mesmo de alguns da família. Com isso viemos a quase parar de gravar. O que incentivou a não pararmos foram nossos amigos e seguidores, que sempre nos mandavam mensagens positivas.

 

Como foi a experiência de participar do programa da Eliana?

J: Foi uma sensação inexplicável. Passou um filme na cabeça, ao ver que todos os dias de sol, todo o esforço e sofrimento passado tinha valido de algo.

Compartilhamento de som da banda por Whindersson Nunes é considerado o momento mais importante para os músicos

 

E como foi a chegada do grupo de volta ao interior de Santo Antônio dos Lopes depois  de se apresentarem nesse programa?

J: Amigos e familiares se reuniram todos em um local esperando nossa chegada ao interior com balões, bolos e salgados!

 

Por qual artista famoso você mais gostou de ser compartilhado?

J: Pelo Whindersson Nunes.

 

A Fundo de Quintal Ofc chegou bem longe, isso é inegável, você sempre recebeu apoio por parte dos seus pais e amigos?

R: Sim, meus pais sempre apoiaram, acham graça desde o começo e não perdem um vídeo. Alguns amigos riam de nós, mas buscávamos sempre olhar pra frente e não dá importância, pois a grande maioria estava nos apoiando.

 

Para você qual foi o momento mais marcante nesses mais de dois anos de banda?

J: A nossa ida ao programa da Eliana, pois foi a realização de um sonho. E nossa viagem a São Paulo pela primeira vez, onde assinamos o contrato com a Love Funk.

Leia Também