Bolsonaro afirma que impostos federais sobre gás de cozinha serão zerados

Por: Mariana Muniz Gonçalves

imposto de gás de cozinha zerados - live da semana

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou na noite da última quinta-feira (18), em live, que irá zerar os impostos federais que incidem sobre o gás de cozinha. Ainda de acordo com Bolsonaro, a medida é definitiva e valerá a partir do mês de março.
O imposto federal válido sobre o gás de cozinha é o PIS (Programa de Integração Social) e Cofins (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social), que custa cerca de de R$ 2,18 por botijão.

“A partir de 1º de março agora, não haverá mais qualquer tributo federal no gás de cozinha, ad eternum. Então, não haverá qualquer tributo federal no gás de cozinha, que tá em média, hoje em dia, R$ 90,00 na ponta da linha, lá pro consumidor. E o preço na origem, vamos assim dizer, tá um pouco abaixo de R$ 40,00. Então se tá R$ 90,00, os R$ 50,00 aí é ICMS, imposto estadual, e é também pra pagar a distribuição e a margem de lucro pra quem vende na ponta da linha.”

A decisão foi tomada na tarde de quinta-feira, em reunião com a equipe econômica do governo, liderada por Paulo Guedes.

No Maranhão

De acordo com Agência Nacional de Petróleo (ANP), atualmente em Imperatriz o valor pago no gás de cozinha de 13kg é aproximadamente R$ 80,36. Já na capital São Luís, o valor pago é de R$ 84,43, em média.

 

Leia Também