Artistas locais ganham apoio cultural para aquecer o comércio de Imperatriz

A Prefeitura de Imperatriz iniciou a Virada Cultural  na Concha Acústica da Avenida Beira Rio com o objetivo de valorizar e fortalecer a diversidade musical da cidade e também aquecer o comércio local, o evento iniciou ao som da banda Forró de Elite que fez o público sair do chão. Na sequência, a dupla Thiago e Luan conquistou a todos com o carisma do Sertanejo Universitário e a noitada terminou com a cantora Bárbara D´Lux, conhecida pela sua voz única e por um fôlego contagiante. Essa foi a forma de descentralizar grandes fluxos de pessoas, por conta da pandemia, assim mudando a agenda do réveillon. “Em decorrência da pandemia, o réveillon se tornou três dias de programação, o que contempla um maior número de artistas locais, e o objetivo é que a programação faça parte do calendário da cidade virando tradição”, explica Gury Levada.

De acordo com a Policia Militar, estiveram presentes no local do evento uma faixa de 500 pessoas, a Setran contabilizou um fluxo de transporte de 3 mil veículos em toda a Beira Rio. O bom funcionamento e a ordem do local foram garantidos pela Guarda Municipal, Defesa Civil, Setran, Samu, Fundação Cultural, Sinfra e Polícia Militar.

A Virada Cultural aqueceu o comércio na Beira Rio. O vendedor Wilker de Sousa Chaves fala que a pandemia afetou consideravelmente seus negócios. “Passamos muitos meses parados, fechados sem trabalhar e quando retornamos o fluxo de clientes já não era mais o mesmo. Com o evento de hoje, mesmo não conseguindo alcançar as metas de antes, tivemos um público razoável. Esperamos que os demais eventos tragam mais clientes, para que possamos aumentar os lucros”, desabafa.

 

 

Créditos: Acervo da Prefeitura de Imperatriz
Leia Também