Termina nesta quinta (30/8) a primeira semana de vendas de “Lover”, o álbum novo de Taylor Swift. Os fãs estão na expectativa para saber os números finais alcançados pela cantora em sua semana de lançamento e o site Hits Daily Double trouxe algumas respostas. “Faltando poucas horas para a contagem da parada ser finalizada, Taylor Swift parece estar cruzando em direção ao 1º lugar de vendas com 865 mil cópias”, diz o veículo.
O número é superior às expectativas iniciais e fica dentro do previsto pela Billboard na previsão mais recente. O site projetou que Taylor Swift encerraria essa primeira semana entre 825 mil e 850 mil unidades equivalentes. A maior parte do número é de vendas. Taylor fechou uma parceria com a loja Target e distribui o disco em quatro versões físicas diferentes.

 

“Lover” é de longe o lançamento mais bem sucedido de 2019 nos Estados Unidos. Contudo, é o primeiro álbum da cantora desde “Fearless” (2008) a não bater a marca de um milhão de cópias vendidas na primeira semana. Taylor fez história ao conseguir vender mais de um milhão de unidades em sete dias com “Red” (2012), “1989” (2014) e “reputation” (2017).

Taylor Swift emplaca “Lover” em 1º lugar no Reino Unido

O álbum novo de Taylor Swift, “Lover”, estreou em 1º lugar na parada britânica, atualizada pela Official Charts Company nesta sexta (30/8). Ele destronou “Nº6 Colaborations Project” do Ed Sheeran, que desceu para o 2º lugar.

“Lover” fechou sua semana de lançamento com 53 mil unidades equivalentes no Reino Unido, incluindo 24 mil álbuns físicos vendidos, 11 mil downloads e 27 milhões de streams. Esse é o quarto álbum dela a se tornar nº1 na parada britânica. Os outros foram “Red” (2012), “1989” (2014) e “reputation” (2017).

Além disso, Taylor está com três músicas na parada de singles. “Lover” aparece em 14º lugar, “The Man” em 21º e “Cruel Summer” em 27º.