Após o primeiro jogo da final da Copa do Brasil de 2019, que aconteceu ontem, o Internacional, mesmo com a derrota por 1 a 0 para o Athletico-PR, acredita que vai conseguir uma virada no seu estádio Beira-Rio. O técnico do Colorado, Odair Hellmann, foi seguro em afirmar que seu time vai ser mais agressivo na sua casa, mas efetivo nas chances de gol e com isso vai aproveitar a sua chance como mandante e remontar pra cima do Furacão.

Hellmann analisa o jogo como muito equilibrado após o gol do Athletico. O técnico acredita que as chances de gols foram similares depois do primeiro gol. Mesmo com o mandante com mais posse de bola, isso não resultou em um desequilíbrio nos números de oportunidades de ampliar o placar.

O Internacional, na Copa do Brasil, mostra uma agressividade em casa que não é a mesma de quando visita. Quando o segundo jogo é no Beira-Rio, todos demonstram uma tranquilidade, seja qual for o resultado da primeira partida.  É que o histórico é forte: depois que o Colorado conseguiu passar, nas quartas de finais, pelo forte e favorito Palmeiras, nos seus domínios, a fé em viradas foi reforçada.

O técnico do Inter afirmou que o Athletico-PR aproveitou a sua oportunidade e venceu na sua casa. Porém ele reforçou a máxima de que, final com dois jogos: são dois tempos de 90 minutos e que ele espera ganhar o segundo tempo no seu campo. Hellmann disse que ainda vai conversar com os jogadores para ver a situação de cada um, pois o time joga duas competições, a Copa do Brasil e o Brasileirão. Ele quer o time mais forte possível pra conseguir a remontada pra cima do Furação na próxima quarta-feira, e com ela – a taça de campeão.