Durante a apresentação sobre a Sensibilização para a Campanha Setembro Amarelo, que aconteceu na Câmara Municipal de Vereadores nesta quinta-feira, 05, a psicóloga  Zaira Karan ressaltou que pessoas entre 15 e 29 anos estão na faixa etária das pessoas que mais cometem suicídio. “Em virtude de toda tecnologia, o isolamento e a conexão com o mundo virtual acaba influenciando esses jovens”, ressalta a psicóloga.

Setembro traz consigo a campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. O mês foi escolhido para representar essa causa justamente porque dia 10 é o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. Porém, esse tema não dever ser discutido apenas durante esse mês.

Segundo o site da Campanha (https://www.setembroamarelo.org.br/prevencao/), no Brasil, 32 pessoas cometem suicídio diariamente. No mundo, ocorre uma morte a cada 40 segundos. Aproximadamente 1 milhão de pessoas se matam a cada ano. E ainda, especialistas estimam que o total de tentativas supere o de suicídios em pelo menos dez vezes.

Sensibilização para a campanha Setembro Amarelo (Foto: Divulgação)

Em Imperatriz, a Coordenação Municipal da Saúde Mental realiza palestras, rodas de conversas, entre outras ações durante todo o mês de Setembro para debater o tema de Saúde Mental. Sexta-feira, 06, por exemplo, haverá capacitação em saúde mental no Hospital Municipal de Imperatriz, HMI.

Além disso, a cidade conta com o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) que oferece atendimento gratuito e especializado para quem precisa cuidar da saúde mental. Que tem o objetivo de ofertar aos pacientes atendimento individual ou em grupo, oficinas terapêuticas, pedagógicas e de alfabetização, atendimento familiar, grupos terapêuticos e visitas domiciliares.