Será cerca de 1000 cirurgias com 250 ginecológicas, com inicio nessa segunda-feira, o objetivo é dar celeridade ao quadro cirúrgico de toda a região Tocantina.

Hoje o Hospital Drª. Ruth Noleto atende 43 municípios nas proximidades de Imperatriz, são cerca de um milhão e trezentas mil pessoas que contam com o que há de mais moderno na saúde.

 

O mutirão de cirurgias eletivas foi garantida através de emenda do deputado Professor Marco Aurélio que esteve em reunião na quinta-feira (22), com o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula em prol  do projeto.

A emenda será destinado à secretaria de  Estado da Saúde, que ficará responsável por fazer o levantamento e organizar o cronograma de quais especialidades devem ser priorizadas.