O Maranhão está entre os estados com maior número de pessoas infectadas pelo vírus HIV, segundo o boletim epidemiológico do ano de 2018. A pesquisa realizada pelo Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis do Ministério da Saúde mostrou que foram encontrados 585 novos casos, colocando o estado em terceiro lugar no ranking com maior número de pessoas diagnosticadas com o vírus. No ano de 2017 houve apenas 373  casos diagnosticados.

Foto: Ministério da saúde

 

Atualmente, cerca de 866 mil pessoas vivem com HIV no Brasil. Dessas, 694 mil foram diagnosticadas, enquanto 172 mil não sabem que são soropositivas. Um em cada cinco novos casos de infecção ocorre entre homens de 15 a 24 anos.

O uso da camisinha nessa faixa etária, segundo o ministério, vem caindo. Em 2004, o índice era de 58,4% entre os que têm parceiros eventuais e, em 2013, passou para 56,6%. Já entre os que têm parceiros fixos, a queda foi ainda maior – de 38,8% em 2004 para 34,2% em 2013.

Jovens de 15 a 24 anos também são os que menos se tratam após o diagnóstico. Os números mostram que 44% dos 22 mil brasileiros diagnosticados com HIV nessa faixa etária não estão em tratamento antirretroviral.

Fonte: Agência Brasil