Bolsonaro publica vídeo dele mesmo ofendendo repórter da Folha de S. Paulo no Twitter. Irritado com a pergunta da jornalista, que chamou de “corte de gastos” na educação o que o presidente afirma ser  um “contingenciamento”, ele disse para a repórter voltar à faculdade para poder fazer um “bom jornalismo”. Confira:

Até o momento, o presidente obteve mais de 15 mil curtidas na publicação, assim como diversos retweets de pessoas que apoiaram a atitude. Um dos mais curtidos retweets de apoio veio da página Isentões:

Reprodução: Twitter.

Por outro lado, a oposição também comentou o caso, discordando das declarações de Bolsonaro. Um dos retweets mais relevantes contrários ao presidente veio da  feminista e deputada federal de São Paulo pelo PSOL, Sâmia Bonfim:

Reprodução: Twitter.

O presidente Bolsonaro conta com 4, 23 milhões de seguidores no Twitter. E a hashitag “#Bolsonaro tem razão” hoje é número um nas publicações da rede social. Apesar disso,  segundo um levantamento do Instituto InternetLab feito em 2018,  33% dos seguidores de Bolsonaro seriam robôs.

 

“#BolsonaroTemRazão” está no topo do Twitter. Imagem: Reprodução Twitter.