16 óbitos foram registrados nos primeiros três meses do ano nas estradas federais que cortam a região Tocantina, apesar de alto, o número é menor que o do ano passado que foi de 20 mortes. Os dados foram divulgados pela Policia Rodoviária Federal.

Foram 3.268 autuações feitas pela PRF de 1 de janeiro a 29 de março desse ano. Ultrapassagem indevida é a infração mais recorrente, com 293 multas. Também foram registrado 84 acidentes nas rodovias, 13 a menos que no ano passado.

Outro dado que também ficou abaixo nesse mesmo período foi o número de motoristas autuados por embriaguez, 77 em 2018 e 37 em 2019 uma queda de 51,5%.

A fiscalização na região Tocantina é feita pela 4ª Delegacia responsável por cerca de mil quilômetros da BR-010 partindo de Itinga do Maranhão, até Carolina, Barra do Corda e Buriticupu. As fiscalizações são intensificadas nos feriados prolongados, nesse período o número de agentes, de viaturas e de ações desenvolvidas pela PRF é maior, visando inclusive a conscientização da direção defensiva.

A PRF realiza rotineiramente fiscalização com radar portátil o inspetor da PRF Igor Egidio destaca que até agora só na região Tocantina o equipamento já capturou 1.132 imagens de veículos transitando em velocidade excessiva. “As multas variam de R$ 130,00 que é a infração media a R$ 880,41 infração gravíssima e o condutor pode ter a CNH suspensa”, finalizou.