Ginásio Fiqueninho 41 anos promovendo o esporte e lazer em Imperatriz

Pista externa de caminhada  do Complexo

Imagem: Carlucio Barbosa

O Ginásio de Esportes Fiqueninho foi construído no ano de 1978, tendo recebido esse nome em homenagem ao prefeito José de Ribamar Fiquene, gestor do município na época. De acordo com a Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (SEDEL), após sua construção, o ginásio, que já pertencia ao Complexo Esportivo Barjonas Lobão, foi palco de inúmeras competições de Atletismo, Bicicross, Basquete e Vôlei, situação que perdurou até 2003, quando o mesmo foi desativado pelo então gestor municipal Jomar Fernandes.

Desde então, o espaço ficou abandonado e passou a ser palco de vandalismo, sendo invadido por moradores de rua e usuários de drogas, informação que foi confirmada pelo morador da rua Simplício Moreira, Sr. Francisco de Sales Lima, um paraibano, hoje cidadão imperatrizense.

O Sr. Francisco se mudou para onde reside até hoje, no ano de 1974 – dois anos depois de ter adquirido um terreno no local. Naquela época, “tudo na redondeza era mato”, segundo ele e, onde hoje existe o Complexo Esportivo Barjonas Lobão, funcionava o aeroporto de Imperatriz com pista de piçarra, que tinha seu início exatamente naquele ponto e se estendia até onde hoje é o Campus da Universidade Federal do Maranhão. Naquele tempo nem energia elétrica fácil existia por ali.

No período em que ficou desativado, relata o Sr. Francisco, toda a área do Complexo Esportivo Barjonas Lobão era considerada de risco, pois não havia a mínima assistência policial que permitisse o mínimo de segurança aos moradores do local. Foi só recentemente, em 2017, na gestão de Assis Ramos, que o Complexo foi reinaugurado, diz o Sr. Francisco.

Academia da Saúde do Complexo

Imagem: Francineide Carvalho

Hoje, no Complexo Esportivo, além do Ginásio Fiqueninho, existem vários outros pontos esportivos, como: duas quadras de futsal, uma quadra de futebol de areia, um campo Society, uma piscina semiolímpica, uma pista de skate, uma concha acústica, uma pista de atletismo e uma Academia da Saúde. Tudo, exceto a piscina olímpica, funciona todos os dias da semana, inclusive sábados e domingos, no entanto, alguns critérios foram estabelecidos pela SEDEL para o uso do espaço. Para ter acesso e uso do local, é necessário levar requerimento oficial junto à SEDEL.

O horário de funcionamento do complexo, vai das 08h às 22h durante todos os dias da semana. De segunda a sexta-feira, das 08h às 18h, todos os espaços são obrigatoriamente reservados às escolas, e a partir das 18h, o espaço é liberado para a comunidade em geral.

Para a utilização da academia é necessário um cadastramento prévio e somente é liberado para as pessoas que possuem o Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). A piscina também está aberta para a comunidade e atletas que praticam natação.

No que diz respeito ao entorno do Complexo merecem destaque algumas particularidades, como por exemplo, existe uma pista exclusiva para a realização de caminhada, de todos cujo horário de pico vai das 16h às 22h para todos aqueles que quiserem realizar atividade física.

Outra particularidade é a existência de ambulantes que vão para ali em busca de complemento de renda, como é caso do Sr. José Denivaldo de Brito, que atua no local, vendendo água de coco e suco detox, desde a sua reinauguração. Ele conta que após a reabertura do complexo, a área passou a ser muito bem frequentada e que a violência ali é praticamente “zero”, pois, hoje, existe intenso movimento de ronda policial no local, informação confirmada pelo Sr. Francisco. Uma terceira particularidade é o fato de que o jardim existente em duas das laterais do Complexo foi totalmente implantado pelo Sr. Francisco de Sales Lima, que é quem cuida pessoalmente da manutenção do jardim. Ele, tem lutado para que a prefeitura assuma as responsabilidades pelo local, o seu trabalho é totalmente voluntário e visa tanto a ornamentação do local como também proporcionar bem-estar à todos que por ali transitam. Além disso, para ele, a tarefa traz satisfação pessoal.

Galeria de Fotos do Complexo Esportivo Barjonas Lobão

Expediente

Gledson Diegues

Gledson Diegues

Editor

Eliana Rosendo

Eliana Rosendo

Repórter

Gabriel Araujo

Gabriel Araujo

Repórter

Lucas Medeiros

Lucas Medeiros

Repórter

Carlucio Barbosa

Carlucio Barbosa

Fotógrafo

Francineide  Carvalho

Francineide Carvalho

Fotógrafa