Mauro Leite

A Federação Internacional de Fisiculturismo e Fitness (IFBB-MA) vai realizar, na capital maranhense, o Campeonato Estreantes e a Copa Open Maranhão 2021 que ocorrerá nos dias 22 e 23 de maio, respectivamente. O evento congrega participantes de várias cidades do estado e, como nos anos anteriores, atletas de Imperatriz também terão participação garantida. Dentre eles, destaca-se a atleta Raí Silva Pangaré, na categoria Estreantes.

Raí Silva, que já participou de várias competições a nível estadual e nacional, recentemente retornou da China, onde foi representar a cidade de Imperatriz em uma competição internacional na modalidade luta (MMA e Muai Thay).

Sua trajetória no esporte começou ainda na infância. Hoje, com apenas 28 anos de idade, ele já acumula vários títulos e troféus em competições de várias modalidades. Além de ser treinador e personal trainer ele também é professor de MMA e Muai Thay em uma academia da cidade.

Raí conta que será um enorme desafio participar dessa competição, pois diante de tantas conquistas na carreira, essa terá um tom bem diferente. “Eu treino pessoas no dia a dia e também sempre fui treinado para competições de alto desempenho, mas dessa vez a pegada é outra, pois a competição tem muito mais a ver com exibição do físico em si. É algo que vai muito além de performance física e resistência’’, conta.

Para participar dos campeonatos, o atleta deve ser filiado ao IFBB Brasil através da federação do estado que reside (no caso aqui, IFBB-MA).

O fisiculturismo é para os que buscam um porte físico mais atlético e harmonioso. A beleza física e a presença de palco também contam muito para a obtenção de melhores resultados na apresentação.

Importante destacar que, mesmo em um momento tão conturbado devido à pandemia da COVID-19, o evento deverá seguir o calendário proposto. Em conversa com o presidente da IFBB-MA, Ricardo Gonçalves, ele afirmou que o evento está garantido e seguirá todos os protocolos sanitários de segurança estabelecidos. “Acreditamos que esse evento será um sucesso tal qual foi nos anos anteriores, mesmo em meio ao caos sanitário que vivemos. Seguiremos rígidos protocolos de segurança e proteção. Jamais abriremos mão dos cuidados necessários à segurança dos participantes’’, explica.