TEXTO: Suzana Queiroz

FOTOS: Taffarel Cosme Farias Nascimento

 

É cada vez comum ver grande volume de pessoas correndo nas ruas de Imperatriz. De acordo com o Promotor de corridas na cidade aquase quatro anos, e dono de loja de materiais esportivos Top Sport,Darcy Da Silva Baiano, a procura para a participação nos grupos de corridas tem crescido gradativamente nos últimos dois anos. “Corridas que antes eram organizadas para 200 pessoas hoje sãopara 1000 participantes; corridas essas como 50 BIS, Unimed e Salvar Vidas que surgiu da Top Sport, conta com aproximadamente 150 pessoas trabalhando durante o evento. E tudo começou quando participei de uma corrida fora, achei bem bacana, vi que na nossa cidade não tinha”, relata Empresário.  Atualmente a cidade tem mais de nove grupos de treinos e corridas, sendo alguns deles os primeiros grupos formados na cidade Top Sport treinos e corridas 1 e 2, ITZ Runners, Bora correr, Amigos corredores, Endorfina a 1000, Corredores de Imperatriz, etc.

Segundo o organizador de um dos grupos de corrida mais conhecido na cidade, Taffarel Cosme Farias Nascimento,grupo Amigos Corredores que tem quase dois anos e teve inicio com seis participantes,e em um ano tinha 36 atualmente conta aproximadamente 380 aproximadamente 380 pessoas em corridas oficiais, e em treinos 150 pessoaschegam a chegam a marcar presença em percursos de 5 km ou 3 km caso seja iniciantes. Os encontros de cada grupo de corrida acontecem geralmente no meio da semana ás 19h30, e no final de semana para percursos mais longos de até 30 km, o local é divulgado por meio das redes sociais.Também é possível acompanhar e participar das próximas corridas oficiais como Unimed, 50 BIS e várias outras se informando através do site https://topchip.com.br/.

O grupo Bora Correr, com seis meses de existência foi crescendo a cada semana, criado através da universitária Milena de Sousa Mesquita e o Chaveiro Ricardo Máximo Pires de Mesquita, que não esperavam o grande número de pessoas interessadas em corrida. “Tudo aconteceu naturalmente, não tinha Instragam do grupo, e as pessoas foram se oferecendo para correr conosco, o grupo iniciou com seis pessoas,algumas semanas depois chegou a vinte, hoje em dia tem os grupos Bora correr 1 com 260 participantes e o dois com 130 pessoas”, comenta Ricardo.

Para todos os corredores, o objetivo dos grupos de treinos e corridas é somente um, a prática de esportes, e o abandono do sedentarismo.“O real objetivo é tirar as pessoas do sofá, tirar do sedentarismo, tirar do comodismo. A saúde não é somente baseada em ficar em casa e fazer dieta, mas com o a prática de exercício físico se torna uma somatória, oferecendo mais qualidade de vida.E práticas como a Corrida e Ciclismo são dois conjuntos que movimentam todo o corpo da mente até o ultimo dedão do pé”, afirma Taffarel.

O segredo para tanto envolvimento nos grupos de corridas, é o acolhimento, orientações corretas, e alegria compartilhada entre os grupos que oferecem serviços gratuitos e voluntários, a não ser uma contribuição de dois reais que não é obrigatória, somente para ajudar nos custos com frutas e água que são servidos no final de cada corrida, além da comemoração para os aniversariantes do mês. São feitos também ações sociais através da união dos corredores. Para Participar de acordo com Taffarel,é necessário fazer uma consulta com Cardiologista e Ortopedista, ter um tênis adequado, e cuidados para evitar lesões.

Não há faixa etária determinada para participar de um dos grupos de corridas, exemplo disso é a senhora Valdina Marinho Vieira (61), corredora a um ano , realiza o percurso de 5 km, e já subiu ao pódio em segundo lugar durante a corrida do trabalhador, “É um esporte maravilho, que despertou em mim muitas coisas boas, não pretendo parar”,  contou corredora.

David Wesley Silva Gomes(12), é um dos corredores mais jovens de um dos grupos, também realiza o percurso de 5 km em até 25 minutos, surpreendendo a muitos.“ Decidi correr porque me trouxe incentivo, além de ajudar meu pai, tive um problema também com colesterol, correr me faz mais feliz ainda, meu sono é bem mais tranquilo” comenta corredor mirim.