Texto Eula Rebeca Silva Lima

Fotos: Assessoria da Prefeitura de Itinga do Maranhão

A partir de agosto, o município de Itinga do Maranhão, que fica a 126quilômetros de Imperatriz, vai ter uma Unidade Avançada da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL), ou seja, vai ofertar alguns cursos com aulas de fins de semana.

De início, estarão disponíveis150 vagas distribuídas paracinco cursos: Física, Geografia, Letras, Matemática e Pedagogia, sendo 30 vagas para cada um. A unidade funcionará na Escola Municipal Osvaldo Rodrigues da Costae e tem por objetivo inicial a formação de docentes que estão em sala de aula. “É muito importante que hoje tenhamos nossa própria universidade interiorizando o ensino de qualidade que antes era atribuído apenas para a capital e os grandes centros”, afirma o professor e coordenador acadêmico do curso na cidade, Bruno Péres.

A oferta das disciplinas ocorrerá na modalidade especial, aos sábados e domingos. Serão 14 aulas de 50 minutos de efetivo trabalho docente e, 4 horas de atividades orientadas totalizando 18 horas-aula por encontro, administradas em quatro finais de semana para disciplinas de 60 horas. Para o cumprimento do total de horas-aula por semestre haverá ainda, a necessidade de ofertar até duas disciplinas no período de férias,correspondente aos meses de janeiro e julho na modalidade intensiva.

O edital de inscrição para o vestibular de ingresso estáprevisto para meados de maio com o resultado das aprovações em julho. Apesar do olhar voltado para os docentes,podem participar também todas as pessoas que possuem o ensino médio completo ou estão concluindo o terceiro ano e possuem interesse na licenciatura.

O recebimento do polo na cidade faz partedo Programa de Formação de Docentes da UemaSul, em parceria com a Prefeitura Municipal; desenvolvido para atender as metas 12 e 15 do Plano Estadual de Educação do Estado do Maranhão (PEE-MA) aprovado em junho de 2018. O projeto visa promover o desenvolvimento regionala partir da expansão de vagas em cursos de licenciatura, por meio da implantação de cinco unidades avançadas nos 22 municípios de sua ação territorial.

Após ter a sua efetivação confirmada, a administração acadêmica do polo segue com os planos futuros de criação de mais dois cursos bacharelados, afirma o coordenador. Esta, é a segunda parte de Implantação do projeto que abrange outras 5 unidades,sendo os outros municípios: Amarante, Carolina, Porto Franco e Vila Nova dos Martírios.