Consumidores devem gastar, em média, R$ 500 com as despesas de fim de ano

Fim de ano é sinônimo de compra para muitas pessoas. As festas natalinas e de réveillon costumam movimentar o comércio e aumentar o fluxo de consumidores, que desejam presentear seus amigos e familiares, além de comemorar o início de um novo ano.

Segundo dados da Pesquisa Hábitos de Consumo de Natal e Fim de Ano, da empresa de serviços ao consumidor Boa Vista, a maior parte dos consumidores devem gastar mais nas compras de natal em 2018, se comparado ao mesmo período de 2017: 57% dos consumidores pretendem gastar até R$ 500 com as despesas desta época, número 4,5% maior do que o previsto no ano passado, que correspondia a R$ 461,54.

Porém, é preciso tomar cuidado para não exagerar nos gastos e iniciar o ano endividado. Pensando nisso, O Imperatriz Notícias listou cinco dicas para que você aproveite as compras de fim de ano com responsabilidade. Confira:

1- Planeje os Gastos

Para manter as despesas organizadas, monte uma planilha de anotações com todos os seus ganhos (renda fixa e rendimentos extras como, por exemplo, o 13º salário, bonificações e férias).

Em seguida, elenque todos os seus gastos para os próximos meses e verifique se há pendências. Dessa forma, você saberá o quanto poderá gastar nesse fim de ano sem se endividar.

Fotos: Reprodução Google

2 – Use o cartão de crédito com moderação

Usar o cartão de crédito com moderação é uma das dicas mais importantes a seguir devido a facilidade de uso desse método de pagamento. Ao ser usado sem cautela, ele pode virar uma verdadeira armadilha para o consumidor, devido às suas altas taxas de juros.

Lembre-se que, no mês de janeiro, outras despesas devem ser pagas como o Imposto sobre a Propriedade de Veículos (IPVA) e o material escolar das crianças. Controle sua fatura e evite usar todo o limite disponível, já que muitas vezes a empolgação na hora das compras impacta financeiramente no orçamento.

3 – Faça sua ceia de Natal sem gastar muito

Com planejamento, é possível organizar um bom jantar de Natal ou Ano Novo e economizar ao mesmo tempo. Em Imperatriz, uma boa opção para fugir dos altos preços é pesquisar nas feiras de alimentos espalhadas pela cidade, que costumam ter um preço mais acessível do que nos supermercados. Antes disso, faça uma lista com tudo o que será preciso, pensando na quantidade de pessoas que irá participar da festa. Essa precaução evita o desperdício de comida e as compras desnecessárias.

Aposte no tradicional ao comprar frutas regionais como manga, abacaxi e evite comprar produtos como castanhas, nozes e damascos, que costumam ser mais caros. Caso você queira cozinhar alimentos típicos do natal, como peru e chester, fique ligado no preço, que costuma aumentar nesse período do ano. Uma dica é substituí-los por pernil suíno ou, até mesmo, por peixes assado.

4 – Compre pela internet e compare os preços

Se você é daquele (a) que prefere comprar pela internet, essa pode ser uma boa pedida. Procure fazer um levantamento em variados sites e comparar os preços, já que a diferença de valores entre uma loja e outra pode chegar a mais de 20% em alguns casos.

Nos últimos anos, vários sites e aplicativos de comparação de preços (como o Zoom e o Buscapé) se popularizaram na internet, facilitando a pesquisa de valores e ajudando o consumidor a encontrar as melhores ofertas. Em datas comemorativas, eles são muito úteis ao permitir que você avalie promoções e confira se vale a pena comprar determinado produto a um preço mais acessível.

5 – Se possível, pague a vista. Caso contrário, preste atenção no parcelamento

Pagando à vista, muitas lojas costumam dar 10% de desconto (ou até mais) para quem paga tudo na hora. Se não for possível, fique atento as condições de parcelamento e registre todas as compras feitas e o número de parcelas que serão debitadas em cada mês.

Aproveite as dicas e evite iniciar o ano de 2019 no vermelho.