Texto e fotos por Lucas Vale Moreira

 

Com a queda de bilheteria para filmes legendados em torno de 85% no últimos três anos, conforme estatísticas fornecidas pelos gerentes dos dois cinemas de Imperatriz, os estabelecimentos da cidade têm investido em exibições dubladas. Para quem prefere filmes com som original é preciso ficar atento à oferta. Atualmente, Imperatriz conta com dois cinemas localizados nos dois shoppings da cidade: o CineStar, no Shopping Tocantins; e o Cinesystem, no Imperial Shopping. O primeiro possui três salas e filmes legendados apenas em estreias; já o segundo, com cinco salas, os legendados são exibidos todas às quartas-feiras.

Dias de filmes legendados não lotam nem meia sala dos cinemas

Dias de filmes legendados não lotam nem meia sala dos cinemas

Segundo o gerente do Cine Star, Rony Rodrigues, não é rentável manter um filme legendado em cartaz.  “Três dias após uma estreia com legenda, nossa bilheteria cai em até 90%. Por isso optamos por manter essas exibições apenas durante as estreias e, ainda assim, vendemos apenas meia sala. Mas quando disponibilizamos dublados, conseguimos lotar as salas”, relata.

A situação se repete com a outra empresa do segmento. De acordo com um dos gerentes do Cinesystem, João Paulo Araújo, devido a pouca procura e a Lei de Acessibilidade – Decreto lei 5296, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade, o estabelecimento oferece apenas um dia da semana, todas as quartas-feiras, para exposição de títulos legendados. Porém, a média de público para esse dia ainda não é satisfatória.

Para os amantes da sétima arte como Jurandir Filho, responsável pelo website “Cinema com Rapadura”, a dublagem não altera a história de uma obra, porém, a apreciação técnica em sua plenitude é comprometida. “Quando você assiste Batman: O Cavaleiros das Trevas, dublado, você não escuta o Heath Ledger. Você não entende os motivos que fizeram com que ele ganhasse o Oscar por essa atuação. A dublagem destrói a atuação dele. Muda a história do filme? Não, mas a apreciação diminui em 1.000%”, afirma.

Infelizmente, a má fase dos legendados é perceptível em todo o país. Conforme informações do Brasil Econômico, site especializado em economia, a tendência dos cinemas brasileiros é investir cada vez mais em longas-metragens dublados. A afirmação foi feita por Marcelo Bertini, presidente de uma das maiores redes de cinema do país, a Cinemark. Em entrevista para o site, Bertini afirma que grande parte dos clientes prefere os filmes dublados e essa tendência deve se acentuar.

Mas aí vai uma dica do Imperatriz Notícias. Sugerimos aos leitores entrarem em contato com os seus cinemas favoritos através das páginas e grupos nas redes sociais dessas empresas e exporem as suas preferências. Se o público para os legendados não mostrar às exibidoras que ainda existe um mercado carente, a preferência para os dublados continuará dominante.

Seguem os links para as páginas na web e redes sociais das empresas.

CineSystem:

http://www.cinesystem.com.br/imperatriz/programacao

https://www.facebook.com/groups/cinesystemimperatriz/?fref=ts

https://www.facebook.com/pages/Cinesystem-Imperial-Shopping/166604916848446

Cine Star:

http://www.tocantinsshopping.com/cinema-c1cre

https://www.facebook.com/cinema.cinestar/?fref=ts