Texto: Luana Fonseca e Wyldiany Oliveira

O Centro de Cultura Negra Negro Cosme realiza seminário com a temática educação e história da militância negra. A programação do seminário iniciou na tarde da última quarta (31) e segue até a noite desta quinta (01), no auditório da Universidade Aberta do Brasil, localizado na praça da união em Imperatriz.

Intitulado Novembro Negro, o seminário é abertura da programação de atividades durante todo o mês de novembro referente a consciência negra. A  programação iniciou com uma conferência sobre Mulher Negra e Educação, ministrada pela professora doutora Herli Carvalho, e seguiu com um bate papo entre os professores Richard Christian e Eronilde Cunha. Nesta quinta os assuntos em destaque foram sobre o movimento negro em Imperatriz, a mulher negra, literatura e autoria feminina, educação e literatura afro descendente no Brasil e juventude negra, sonhos e desafios.

Para o vice – presidente do Centro de Cultura Negra Negro Cosme, Domingos Almeida, o seminário visa o engajamento da população na realização de atividades sobre a consciência negra em todo o mês. E destaca a importância desse assunto para a sociedade, “neste momento difícil pela luta dos direitos preservados é importante estarmos unidos discutindo e debatendo os direitos dos negros que sofrem os efeitos do racismo e é importante que a sociedade inteira esteja mobilizada”, afirma Domingos Almeida.

Para maiores informações entre em contato com o Centro de Cultura Negra Negro Cosme, pelo email: ccnnegrocosme@hotmail.com ou pelo facebook: https://www.facebook.com/CCN.NegroCosme/?fref=ts.