Cinco opções para você comprar frutas e verduras sem sair de casa

Repórteres: Enia Ocean, Giulliane Andrade e Eduarda Figueredo

 

Se tem uma coisa que podemos afirmar com a pandemia, é que ela nos trouxe vários desafios. Com os indicadores do novo coronavírus crescendo a níveis alarmantes e batendo recordes a cada dia, as tarefas cotidianas precisam ser adaptadas a nova realidade para evitar o contágio da Covid-19. Um dos desafios postos nessa crise sanitária é o de fazer as compras de casa. Ainda que o comércio essencial esteja aberto e com medidas de prevenção ao contágio, um meio de adquirir insumos básicos para a nossa casa é o delivery. O método que era conhecido apenas por entregar encomendas postais ou refeições prontas, precisou se abrir para novos mercados com o cenário da crise sanitária do coronavírus.

Uma pesquisa feita pela empresa Mobills, Startup de gestão de finanças pessoais, aponta que os gastos com serviços de delivery cresceram 145% em todo o Brasil, analisando as três plataformas básicas – Uber Eats, iFood e Rappi. De outro lado, uma investigação levantada pela pesquisadora Leise Oliveira, da Universidade Federal de Mato Grosso, aponta que essas mesmas plataformas apresentaram alta de mais de 10%. Antes da pandemia, a pesquisadora aponta que o uso dos apps apresentava uma média de 57% de uso, e com a chegada da pandemia, o índice elevou para 57%

Em Imperatriz, o comércio teve de se adaptar não apenas a nova rotina de cuidados sanitários, mas com os decretos anunciados pela Prefeitura Municipal, delimitando horários, formas de funcionamento e medidas de cuidado ao SARS-CoV-2. Dados levantados pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão afirmam que mais de 60% dos negócios locais começaram a oferecer, de alguma forma, a opção de entregar os produtos em domicílio, sejam refeições prontas, bebidas, medicamentos…

De acordo com o empreendedor Nilson Santos, dono e gerente de um mercado de produtos orgânicos, o delivery chega para mostrar uma nova forma de atendimento: “Depois que os decretos foram publicados pelo prefeito, tive que me adaptar da forma mais rápida possível, como eu vendo frutas e verduras, a maioria das minhas vendas era presencial, e como a maioria do meu público é do grupo de risco, precisei correr pro delivery para atender essas pessoas e continuar mantendo a minha renda”, afirma o empreendedor.

As plataformas de entrega domiciliar em Imperatriz, apresentam poucas opções de lojas de conveniência, e quando se quer comprar uma fruta, ou uma verdura, não existe opções, tendo apenas um aplicativo, de uma grande rede de supermercados, como única opção, fazendo com que o usuário das redes digitais, comece a procurar uma outra alternativa. Com esse objetivo, a equipe do Imperatriz Notícias separou 5 opções para você comprar produtos orgânicos com a opção de entrega domiciliar! De peixe tratado, à um tomate bem fresquinho, temos certeza que você não vai precisar sair de casa pra comprar uma boa verdura fresca!

 

1.Mercadinho do Nilson

A loja, situada na Rua Piauí, Nova Imperatriz, oferece uma variedade maior que as verduras, você pode aproveitar e comprar frios, grãos, verduras em conserva, sucos e saladas. Basta seguir o perfil no instagram @mercadinhodonilson, se impressionar com os produtos oferecidos e entrar em contato pelo mensageiro WhatsApp.

 

  • Plataforma de atendimento: WhatsApp
  • Horário de Funcionamento: 07 horas às 19 horas.
  • Taxa de Entrega: Média de R$8.
  • Há consumo mínimo?: A partir de R$50
  • Meios de pagamento: Cartões e Dinheiro

 

 

 

 

  1. Casa do MST

Essa opção é para quem gosta de variedade. A Casa do MST, situado na Rua Guanabara, nos Três Poderes, apresenta um dos mais variados catálogos dessa lista. Entre as opções, tem bolo, ervas medicinais, mel, peixe já tratado, só no ponto de temperar e cozir, livros, temperos e vários outros produtos. E de ensejo, você ainda ajuda a causa de uma comunidade de produtores rurais a compor renda!

  • Plataforma de atendimento: WhatsApp
  • Horário de Funcionamento: 09 horas às 17 horas, exceto às segundas-feiras.
  • Taxa de Entrega: Média de R$5.
  • Há consumo mínimo?: A partir de R$40
  • Meios de pagamento: Dinheiro

 

 

 

 

 

  1. Sacolão Central

O mercado na Rua Simplício Moreira, apresenta uma plataforma dedicada para ordenar suas necessidades orgânicas, sem precisar ir no WhatsApp, a loja é uma ótima opção para quem não quer perder tempo e já fazer as compras de casa. Mais informações, você pode encontrar no perfil @sacolaocentraloficial. E se tiver alguma dúvida, o contato deles também fica disponível na Plataforma oficial!

 

  • Plataforma de atendimento: Plataforma dedicada. Sem a necessidade de instalar apps.
  • Horário de Funcionamento: 07h30m às 18 horas.
  • Taxa de Entrega: Média de R$9.
  • Há consumo mínimo?: Não
  • Meios de pagamento: Cartões e Dinheiro

 

 

 

 

  1. App Super

O mais famosinho não ficou de fora! Conhecido de muitos, o aplicativo que atende uma das maiores redes de hipermercado do Maranhão não ficou esquecido. A opção também faz parte dos supermercados que oferecem o leque dos hortifruttis. É fácil encontrar o Super, basta procurar na loja de aplicativos do seu smartphone, ou pesquisar no instagram @supermercadodofuturo. E de ensejo uma curiosidade, o app é Imperatrizense, viu? Foi desenvolvido pelo programador Herson Leite.

 

Plataforma de atendimento: Aplicativo dedicado. Disponível para iOS e Android.

  • Horário de Funcionamento: 07 horas às 22 horas.
  • Taxa de Entrega: Média de R$6.
  • Há consumo mínimo?: Nã
  • Meios de pagamento: Cartões e Dinheiro.

 

 

 

 

 5. Hortifrutti Central

O empreendimento na Av. Pedro Neiva de Santana, tendo iniciado no período da pandemia, também é uma opção a um toque de distância do Imperatrizense que quer um vegetal fresco, fácil e de baixo custo. A loja também não adere as plataformas de entrega, mas entrar em contato é fácil, basta ver no perfil @horti.fruticentral, no Instagram, lá consta todos os dados para entrar em contato.

  • Plataforma de atendimento: WhatsApp
  • Horário de Funcionamento: 07 horas às 20 horas
  • Taxa de Entrega: Média de R$6.
  • Há consumo mínimo?: A partir de R$40
  • Meios de pagamento: Cartões e Dinheiro

 

Leia Também