Volume de água atingiu 6,95 metros na manhã desta quarta-feira, 03

Rio Tocantins está com nível acima do normal (Foto: 3º Batalhão Bombeiros Militar)

 

Por: Wanderson Souza

Devido às fortes chuvas em Imperatriz nos últimos dias, o nível de água do Rio Tocantins continua subindo. Na manhã desta quarta-feira, o Corpo de Bombeiros de Imperatriz registrou um volume de água de seis metros e noventa e cinco centímetros acima do normal, provocando alagamentos já em casas e ruas dos bairros da Caema e Leandra, fazendo a Defesa Civil deixar a cidade em alerta laranja, que é quando há grandes riscos de inundações.

Cerca de 300 famílias que moram às margens do Rio Tocantins, riachos e bairros como Bacuri, Areal, Porto de Balsa, Cais do Porto, Curtume, Parque Alvorada I e II podem ser os próximos atingidos caso a elevação da água não pare de subir nos próximos dias.

A Defesa Civil em Imperatriz já está atuando e orientando a população sob a cheia dos Rio Tocantins e riachos, desde o último dia 25, quando o volume de chuva começou a ser mais intenso. O superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão, conta que “se o rio se elevar mais um metro, vai inundar bastante”, por isso que as equipes, tanto do Corpo de Bombeiros de Imperatriz como da Defesa Civil estão realizando intensivamente trabalhos preventivos junto com a comunidade para orientar sobre os riscos, a qualquer momento, de possíveis inundações.

O estudante Leonardo Humberto Nascimento, de 24 anos, conta que mora nas proximidades do riacho Bacuri desde os 13 anos de idade e que todo ano sofre com os alagamentos na cidade. Ele relata que a época de chuva em Imperatriz sempre é uma preocupação. “Nesse período o rio [ riacho Bacuri ] chega a transbordar, alaga toda a rua, sobe [água] nas calçadas e acaba entrando dentro das casas, fazendo a gente perder móveis”, comenta.

Leonardo ainda expressa a rotina que a família adota todos os anos, no período chuvoso, para não perder os móveis de dentro de casa. “Quando chega esse tempo, a gente fica com medo de alagamentos e começa a suspender móveis, que é para não perder e acabar tendo de que ficar comprando todo ano sofá, geladeira e tudo mais”, finaliza.

Água do Rio Tocantins já atinge bairros de Imperatriz (Foto: 3º Batalhão Bombeiros Militar)

Até o momento já foram preparados 10 abrigos, localizados em quadras de esportes e escolas, locais que também ajudaram famílias nas enchentes do ano passado, e que poderão ser usadas novamente em casos de retirada dessas pessoas em áreas de risco de inundações. Porém, apesar do alagamento em algumas casas, nenhum morador precisou de abrigo até agora.

Ano passado

Em 2020, 137 famílias ficaram desabrigadas em Imperatriz após as fortes chuvas, e 12 abrigos foram montados espalhados na cidade para receber cerca de 550 pessoas, entre adultos, idosos e crianças, que ficaram desalojadas e que tiveram os seus imóveis invadidos pelas águas da chuva.

De acordo com informações da meteorologia, a previsão é que tenha mais chuva para os próximos sete dias em Imperatriz. Para saber mais, clique aqui.