Texto e fotos de Thaise Torres

Em exercício desde 2012 a ONG Mãos Que Cuidam realiza atividades educativas de ensino básico e esportivo a uma média de 230 crianças em situação de baixa renda, em Imperatriz. Ao todo, mais de 600 crianças foram beneficiadas com projeto neste período. Ter idade entre 6 a 14 anos,  estar matriculado e em exercício na rede pública de ensino são um dos requisitos para ser participante.

Segundo dados do IBGE, foram realizadas em 2017 no Maranhão 318.515 matrículas no ensino fundamental, e deste número, 40.236 foram em Imperatriz. Crianças entre 6 a 14 anos de idade representam 98,4% de matriculados na cidade, idade ideal para se tornar um ingressante do projeto, o que representa 0,6% de alunos do ensino fundamental participantes ativos na ONG.

Com o apoio de empresas da cidade, doações e ensino de profissionais voluntários, são ofertados semanalmente atividades como balé, jiu-jitsu, capoeira, teatro, dança, artesanato, oficina de desenho e aulas de música. Além disso, realizam atendimentos psicológicos, pedagógicos, jurídicos, nutricionais e assistência social. Em parceria conjunta com o Hospital São Rafael, oferecem reforço escolar também às crianças em tratamento na oncologia pediátrica durante três dias na semana.

Projeto é focado nas crianças

Segundo a idealizadora e fundadora do projeto Mãos que Cuidam, Cláudia Célia, entre as mazelas apresentadas pelas crianças, falta de alimentação adequada, abandono afetivo, agressão física e psicológica são as principais causas da procura pela participação.

“Uma das histórias que mais me sinto tocada é a de um meninozinho que chegou aqui agredido pela mãe, hoje ele está na casa de passagem recebendo também nosso apoio. Nosso principal objetivo é oferecer futuro e dar oportunidade do qual elas não têm fora do projeto, pra que elas possam ter uma visão diferente da vida e do mundo, olhar e ver que apesar da pobreza e da falta de recursos, elas podem sim, sonhar e mudar essa realidade”, conclui.

 

Serviço:

  • O que? Projeto Mãos Que Cuidam
  • Quando? 2012-Presente
  • Onde? Rua General Gurjão, próximo ao colégio Frei Gil – Bacuri, Imperatriz
  • Como participar? Ter idade entre 6 a 14 anos, comprovar baixa renda e matrícula em escola de ensino público
  • Como contribuir? Alimento, produtos de higiene, roupas, valor em espécie e demais serviços voluntários