Texto e fotos: Margaret Valente

No dia-a-dia nem sempre é possível tirar um tempo para ir ao supermercado comprar aquela fruta da estação ou aquele legume que não pode faltar no almoço. Por isso é sempre bom ficar de olho nas feiras que oferecem variedades, muitas vezes no seu próprio bairro. Imperatriz conta hoje com doze grandes feiras cadastradas e muitos outros pontos que funcionam somente aos domingos sem registros. Apesar das feiras públicas estarem por toda parte, nem sempre é fácil escolher onde comprar. O Imperatriz Notícias trouxe uma lista das dez feiras mais tradicionais da cidade, com os endereços, dias da semana e os horários de funcionamento. Agora não tem desculpa!

 

Feira do Mercadinho

Feira do Mercadinho

1-  Mercado Bom Jesus

A mais antiga feira livre da cidade atende aos seus clientes e frequentadores, todos os dias na rua Teresa Cristina, esquina com a Rua Bom Jesus. O espaço possui dez quiosques que vendem quase de tudo, que vai do molho de pimenta malagueta na cachaça, para os que gostam de algo picante, até licor de jenipapo, para quem sofre de dor de cotovelo. O Mercado Bom Jesus também vende secos e molhados e fica aberto das 6 horas às 18 horas todos os dias da semana.

2 –   Feira do Mercadinho 

Com mais de 213 barracas cadastradas em seu interior, a feira do Mercadinho se tornou o centro de distribuição de alimentos de toda Região Tocantina. É a maior da cidade. Todos os dias são vendidos muitos produtos que chegam de outras cidades para abastecer a feira, como frutas, legumes e cereais. Funciona na Rua Aquiles Lisboa, entre a Avenida Ceará e rua Rio Grande do Norte, Bairro Mercadinho. O preço da dúzia de banana prata, no domingo, já quase perto do meio-dia, chega a custar somente R$ 2,00.

3 –   Feira da Praça de Fátima

No coração da cidade, a feira da Praça de Fátima oferece produtos orgânicos. Não possui registro na secretaria de agricultura. Funciona na rua Simplício Moreira entre a Avenida Getúlio Vargas e Dorgival Pinheiro de Sousa, na quarta-feira e no sábado, das 6h às 11h, o local da praça é frequentado, principalmente, por aqueles consumidores que são mais exigentes na hora de escolher uma fruta, uma verdura, um legume, que seja totalmente isento de agrotóxicos.

4 –   Feira da Nova Imperatriz

Atendendo em 20 barracas espalhadas na rua São Francisco, entre as ruas Pará e Amazonas, a feira da Nova Imperatriz é uma das mais antigas da cidade. Nesse espaço são vendidas melancias, abacaxis, tomate e cebola. Também é encontrada a massa de tapioca, para fazer beiju.  A feira da Nova Imperatriz espera por seus clientes de segunda a domingo, no horário das 6h às 20h.

5 –   Feira do Bacuri 

Feira do Bacuri

Feira do Bacuri

De segunda a domingo, no horário das 5h às 13h, na rua Leôncio Pires Dourado, a feira do Bacuri atende a população de cinco bairros. Frutas, carnes, galinha caipira e verduras, são os itens mais vendidos. São mais de 50 barracas instaladas no local. Um dos produtos mais procurados é a polpa da fruta do bacuri. O preço de alguns itens que são oferecidos na feira do Bacuri como tomate e pimentão chega a ficar mais em conta que nos depósitos da cidade.

 6 –   Feira da Vila Lobão

Na rua Duque de Caxias, no bairro Vila Lobão, está localizada a feira da Vila Lobão. Esse espaço público abre as portas somente aos domingos, no horário das 5h às 13h. Laranja, limão e tangerina são as frutas cítricas mais vendidas. Legumes e verduras também são muito comercializados. Há também uma seção de venda de arroz, feijão e fava. A feira da Vila Lobão é um dos locais da cidade que mais vende doce de buriti.

7 –   Feira das Quatro Bocas

Com barracas estendidas na Avenida Bernardo Sayão, entre as ruas Ceará e Piauí, a feira segue funcionando somente aos domingos, das 3h às 13h. Um dos produtos mais vendido nesse espaço ainda é a macaxeira. O inhame também é uma raiz muito encontrada nesse local. O preço do cheiro-verde na hora da xepa é de apenas 50 centavos. Feijão branco e feijão carioquinha são as leguminosas mais vendidas na feira.

8 –   Feira da Vila Nova

Os produtos que são expostos à venda na feira da Vila Nova são de boa procedência e quase todos os itens vendidos na feira são plantados pelos próprios feirantes.  Aberta de segunda-feira à domingo, no horário das 6h às 13h, a feira possui cerca de 50 barracas que vendem jiló, gengibre, berinjela, banana, alface e coentro, tomate e outros. Localizada na rua Dom Marcelino, entre as ruas Vilela e João Palmeira, no bairro Vila Nova, a feira atende a população de cinco bairros.

9 –   Feira do Bonsucesso

Considerada a segunda maior feira livre da cidade, a feira do Bonsucesso vende de tudo um pouco. São mais de 250 barracas que vendem frutas, verduras e até animais vivos como porco e pato. Mas a galinha caipira ainda é o produto mais vendido desse espaço. A feira do Bonsucesso fica na rua Quintino Bocaiúva, entre as ruas Raimundo Soares e São Vicente de Paula. Funciona diariamente no período das 5h às 18h. No domingo, o principal dia de movimento da feira, o funcionamento ocorre das 5h às 12h.

 

Feira do Bom Sucesso

Feira do Bom Sucesso

10 –   Feira da Vila Cafeteira

Localizada entre os bairros Ipiranga e Vila Cafeteira, a feira da Vila Cafeteira fica aberta ao público de segunda-feira a domingo, no horário das 6h às 13h. O local atende a população de mais de quatro bairros. Melancia, abóbora, jerimum e fruta-do-conde são os itens mais vendidos. Temperos como hortelã, alecrim, pimenta malagueta, pimenta-do-reino e gergelim preto são os mais procurados pelo público que frequenta a feira da Vila Cafeteira.