[et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.17″ custom_padding=”0|0px|0|0px|false|false” next_background_color=”#000000″][et_pb_row custom_padding=”16.1406px|0px|0|0px|false|false” _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text _builder_version=”3.17″ inline_fonts=”Arial”]

No Brasil, o número de animais que convivem com as famílias supera as de crianças de até os doze anos,  enquanto cresce a presença de animais de estimação. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) coletados em 2013, em cada cem famílias, 44 criam cachorros e apenas 36 têm crianças até doze anos de idade.Contando os gatos e outros animais o número sobe para cem milhões. No total, as famílias brasileiras cuidam de 52 milhões de cães contra 45 milhões de crianças. E a tendência indica que haverá cada vez mais espaço nas casas para os animais e menos para os filhos pequenos. Com isso, também cresce a busca por serviços para os bichinhos.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.17″ custom_padding=”0|0px|0|0px|false|false” prev_background_color=”#000000″ next_background_color=”#000000″][et_pb_row _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_image src=”http://imperatriznoticias.ufma.br/wp-content/uploads/2018/11/Hotel-Pets-in-House.png” _builder_version=”3.17″ /][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row custom_padding=”16.1406px|0px|0|0px|false|false” _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text _builder_version=”3.17″ inline_fonts=”Arial”]

Nela está inclusa: Dormitórios climatizados e acompanhamento 24 horas na estadia por profissionais devidamente qualificados (de acordo com as cláusulas que constam no contrato de hospedagem). A partir de cinco diárias o cliente adquire de forma gratuita um dos serviços extras (Natação, Doga, passeios) que o espaço oferece.

Para se hospedar: O animal tem de passar por uma avaliação física que é realizada por uma veterinária. É obrigatório que ele esteja com as vacinas, remédios de vermes e carrapatos em dias – para que não haja risco de contaminação aos demais hóspedes.

Interação com os proprietários dos animais: É dada através das redes sociais. No facebook e instagran são postadas fotos de momentos dos desfrutes da hospedagem. Estabelecem contato direto com os proprietários dos pets por whatsapp, tirando dúvidas quanto ao estado do animal e enviando fotos e vídeos no momento exato da conversação.

Adicionais: Fazem ensaios fotográficos temáticos como: de carnaval, natal. Toda a produção requerida e fotos são ofertadas gratuitamente aos proprietários dos animais.

Endereço: Rua Rafael Almeida N° 59, bairro: Planalto.

Telefone: (99) 99210 – 0708 ou 99115 – 0708 (Ambos whatsapp)

E-mail: mr.henrick51@gmail.com ou jloiolalima@hotmail.com

Grupo do Facebook

Página do Facebook

Instagram

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_image src=”http://imperatriznoticias.ufma.br/wp-content/uploads/2018/11/Hotel-Pets-in-House-1.png” _builder_version=”3.17″ /][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.17″ custom_padding=”32.2969px|0px|0|0px|false|false” prev_background_color=”#000000″ next_background_color=”#000000″][et_pb_row custom_padding=”0|0px|0|0px|false|false” _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text _builder_version=”3.17″]

Telefone: (99) 981-37-1998 ( whatsapp)

Instagram

Adestramento e sua Importância

O adestramento, além de amenizar ou mesmo acabar com comportamentos inadequados do pet, ajuda a melhorar a convivência entre os humanos e animais.

[/et_pb_text][et_pb_image src=”http://imperatriznoticias.ufma.br/wp-content/uploads/2018/11/Hotel-Pets-in-House-2.png” _builder_version=”3.17″ /][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.17″ custom_padding=”0|0px|0|0px|false|false” prev_background_color=”#000000″ next_background_color=”#000000″][et_pb_row _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text _builder_version=”3.17″ inline_fonts=”Arial”]

Nela está inclusa: Estadia, alimentação, acompanhamento veterinário, brincadeiras (banho de piscina, corrida, premiação com petiscos, dentre outras.) em grupos e individuais.

Para se hospedar: O pet tem de estar com as vacinas, remédios de verme e carrapatos em dias. Entretanto, se o animal for portador de alguma doença, o tratamento é iniciado na clínica e o mesmo é colocado em isolamento para que não contamine os demais hóspedes.

Interação com os proprietários dos animais: É feita através do WhatsApp e Instagram do espaço. Enviam fotos e vídeos dos momentos recreativos e se dispõem através das páginas a tirarem qualquer dúvida sobre o estado do animal, assim que os donos requererem.

Endereço: Av. Industrial N° 10, bairro: Santa Inês.

Telefone: (99) 3525-0696 ou 99181-0701 (Whatsapp)

E-mail: petvillecontato@gmail.com

Instagram: @petvilleitz

Facebook: https://www.facebook.com/petville.itz.9

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.17″ custom_padding=”32.2969px|0px|0|0px|false|false” prev_background_color=”#000000″ next_background_color=”#000000″][et_pb_row custom_padding=”0|0px|16.1406px|0px|false|false” _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_image src=”http://imperatriznoticias.ufma.br/wp-content/uploads/2018/11/Hotel-Pets-in-House-4.png” _builder_version=”3.17″ /][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.17″ custom_padding=”32.2969px|0px|0|0px|false|false” prev_background_color=”#000000″ next_background_color=”#000000″][et_pb_row custom_padding=”0|0px|0|0px|false|false” _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text _builder_version=”3.17″ inline_fonts=”Arial”]

“Todos os serviços são direcionados para o bom comportamento do animal. Treinamos o cachorro a estar passivo às rotinas diárias como, banho, alimentação, brincadeiras, etc. Trabalhamos dentro do comportamento natural do cão, ensinando os tutores a tratarem os animais como animais. Tratar cão como cão e tratar bem! ”, afirma Andréia que lida com o setor Administrativo da empresa.

Ainda de acordo com a mesma o adestramento dos cães é desenvolvido em três pilares: Exercício, disciplina e recompensa. Apartir dessas três etapas concluídas começasse a desenvolver a habilidade que o proprietário do animal deseja obter do mesmo.

 O ideal é que a partir dos seis meses de vida do cão, ele seja adestrado, pois é o período em que o mesmo está desenvolvendo e concretizando hábitos e comportamentos. É extremamente necessário que o dono do animal, esteja disposto a aprender um pouco do treinamento, para que  ele tenha a mesma postura que os treinadores em sua residência, concretizando assim tudo que o seu cão aprendeu.

 Nela está inclusa: Acompanhamento do cão, brincadeiras recreativas, natação.

 Para se hospedar: Faz – se necessário quea carteira de vacinação, remédios de carrapatos e vermes estejam em dias.

 Interação com os proprietários dos animais: Através das redes sociais 

 Endereço: Rua José Bonifácio N° 804, bairro: Jardim São Luís (Atrás do Imperial Shopping).

 Telefone: (99) 3523-3028 ou 98121-4782 (Whasapp)

 E-mail: atendimento@schooldogshow.com.br

 Site 

 Instagram

 Facebook

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.17″ prev_background_color=”#000000″ next_background_color=”#000000″][et_pb_row custom_padding=”0|0px|16.1406px|0px|false|false” _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_video src=”http://imperatriznoticias.ufma.br/wp-content/uploads/2018/11/WhatsApp-Video-2018-11-08-at-15.43.16.mp4″ _builder_version=”3.17″ /][et_pb_gallery gallery_ids=”29745,29752,29739,29722″ show_title_and_caption=”off” show_pagination=”off” _builder_version=”3.17″ /][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.17″ custom_padding=”32.2969px|0px|0|0px|false|false” prev_background_color=”#000000″ next_background_color=”#000000″][et_pb_row _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text _builder_version=”3.17″]

O outro lado da Moeda

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, há cerca de 30 milhões de animais abandonados no Brasil. Destes, 20 milhões são cachorros, enquanto 10 milhões são gatos. Para você ter ideia, em 2010, o continente inteiro da Oceania tinha cerca de 36 milhões de pessoas. E isso são números referentes a 2014, é muito provável que a situação esteja até pior.

Em Imperatriz, são aproximadamente 23 mil cães e mais de 12 mil gatos. Dessa população, cerca de 5% são de cães sem dono, aqueles que ficam vagando por aí, pelas ruas. O abandono é a principal causa desse fator. Rejeitados, os cães ficam sujeitos a todos os tipos de perigos, como maus tratos e o risco de adquirir alguma doença.

Os atos mais comuns de maus tratos e crueldade são:

Os motivos por trás do abandono de um animal de estimação

Dados respectivos a uma pesquisa da Fundação Affinity na Espanha

Ninhadas inesperadas (14%)

Mudança de casa (13,7%)

Fatores econômicos (13,2%)

Perda de interesse pelo animal (11,2%)

Comportamento problemático do animal de estimação (11%).

Fim da temporada de caça (10,2%),

Alergia de algum membro da família (7,7%),

Nascimento de um filho (6,4%),

Internamento ou morte do proprietário (3,5%),

Férias (2,6%)

Medo de pegar toxoplasmose durante a gravidez (2,4%).

Sensibilização

Mesmo estando muito longe de erradicar o problema, as campanhas de sensibilização da população contra o abandono dos animais começam a fazer efeito. Cada vez mais as pessoas tentam escolher um pet que se “encaixe” melhor ao seu estilo de vida e, antes de adotar, consultam profissionais do setor para ter expectativas realistas sobre a dedicação que o animal de estimação precisará em termos de tempo e dinheiro.

Grupo de Proteção aos Animais de Imperatriz (GPAI)

Abandono e maus tratos aos animais é crime!

A denúncia de maus tratos é legitimada pelo art. 32, da lei federal n° 9.605 de 1998 (Lei de crimes Ambientais) e o art. 164 do Código Penal, prevê o crime de abandono de animais a aqueles que introduzirem ou deixarem animais em propriedades alheias, sem o consentimento de quem de direito, desde que o fato resulte prejuízo.

A pena prevista pelo art. 32 da Lei de crimes ambientais é de detenção de três meses a um ano e multa.

A pena prevista pelo art. 164 do código penal é de detenção que pode variar de 15 dias a seis meses.

“Artigo 32 da Lei Federal n° 9,605/98

É considerado crime praticar ato de abuso, maus – tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

Pena – Detenção de 3 (três) meses a 1 (um) ano de multa.

Parágrafo 1°. – Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animais vivos, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

Parágrafo 2°. – A pena é aumentada de 1 (um) terço para 1 (um) sexto se ocorrer a morte do(s) animal(s).

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.17″ prev_background_color=”#000000″ next_background_color=”#000000″][et_pb_row custom_padding=”0|0px|0|0px|false|false” _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text _builder_version=”3.17″ inline_fonts=”Arial”]

Saúde

O Grupo de Proteção aos Animais de Imperatriz (GPAI) trouxe a campanha do outubro rosa para a castração de cadelas e gatas. A Campanha  já castrou 200 gatas e 30 cadelas.

A ONG tem parceria com a Servet para descontos nas castrações. Neste mês de novembro, já iniciaram com a divulgação da campanha “Novembro Azul”, que tem por objetivo de prevenir o aumento prostático e por este fato animal adquirir patologias.

Sonia Maria de Sousa Conceição Diretora do GPAI ressalta:  “Não temos recursos suficientes para que essa campanha fosse completamente de graça, porém recebemos uma doação que auxilia para abater o valor da castração, e o meu sentimento é de gratidão por defender essa causa, me sinto realizada como protetora dos animais.”

“a ONG já fez um grande benefício, porque já está na segunda campanha de castração. Nessas duas campanhas, já castrou 600 fêmeas e uns 600 machos isso se referindo a felinos, porque este ano que iniciou a campanha com caninos. É importante ressaltar que cada casal de felinos em 6 anos é capaz de reproduzir 620 mil filhotes, isso é dado de uma ONG, agora imagina quantos filhotes deixaram de nascer sendo castradas 600 fêmeas, afirmou a  Dra. Clenia veterinária da Servet.”

Conselhos

De fato, se você estiver avaliando a possibilidade de adotar um pet e quiser definir as bases de um relacionamento duradouro e feliz, talvez se interesse pelos conselhos elaborados pela Fundação Affinity para evitar o abandono de animais:

  1. A decisão de ter um animal deve ser tomada em família, dividindo as diferentes tarefas e responsabilidades entre todos os membros dela.

  2. É preciso informar-se e decidir que tipo de animal melhor adapta-se as suas necessidades, gostos, estilo de vida e tamanho do lar: cachorro, gato ou outro tipo de pet; macho ou fêmea; filhote ou adulto; no caso de cachorros, pequeno, médio ou grande porte…

  3. Ensinar ao animal, principalmente no caso dos cachorros, os comandos básicos de adestramento. Dessa maneira, a convivência será mais fácil e você aproveitará mais a companhia do seu pet.

  4. Informar-se com o veterinário sobre a esterilização para exercer não só o papel de dono responsável, mas também uma “paternidade responsável” e evitar as ninhadas não desejadas.

Cuidados com seu pet

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.17″ prev_background_color=”#000000″][et_pb_row custom_padding=”0|0px|16.1406px|0px|false|false” _builder_version=”3.17″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text _builder_version=”3.17″] Expediente: Amanda, Eliza, Maiane, Nandara [/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]