9 coisas que todo calouro precisa saber sobre o campus da UFMA antes do retorno das aulas presenciais

Repórteres: Aline Xavier, Clara Teles e Guilherme Carneiro

Fotos: Aline Xavier

Em decorrência da pandemia da Covid-19 em 2020 a Universidade Federal do Maranhão, UFMA, assim como as demais instituições de ensino teve uma pausa no seu calendário acadêmico presencial em prol da saúde, bem-estar e segurança dos alunos e trabalhadores da universidade.

Pensando em uma forma de voltar as aulas de forma segura para todos, a UFMA decidiu aderir ao ensino remoto, EAD, e não presencial para dar continuidade às aulas ministradas, contudo, esse período de pausa acabou desorganizando o calendário acadêmico dos cursos, assim como também atrasou os novos calouros que entrariam ainda no ano de 2020 para a instituição.

De lá até aqui às aulas se mantiveram remotas, e os calouros já não são mais tão calouros, mesmo assim a maioria ainda nem pisou no campus da universidade. Como a Ketcia Freitas, acadêmica do 2° período de Jornalismo, que sonha em conhecer e vivenciar o campus. “Estudar em uma universidade federal é um feito muito grande e criamos uma certa expectativa, então é bem frustrante quando se entra em uma época de pandemia porque a gente não conhece ninguém, não faz ideia de como é o campus. Aí você está saindo de um ciclo e entrando em um novo, que é o da universidade, conhecer pessoas novas, o que é muito mais difícil de forma online e atrapalha o desenvolvimento social entre as pessoas e esse fator de não estar no campus presencialmente atrapalha o nosso processo de socialização com pessoas que estão na mesma situação que a gente, que estão ingressando nessa nova fase.”.

Muitos estudantes assim como a Ketcia também têm muitas dúvidas e curiosidades sobre como é a UFMA fisicamente.

Em 2022, dois anos após o início da pandemia, a UFMA cogita a ideia de retomar as aulas de forma presencial, com todos os cuidados extras necessários para a segurança de todos. O diretor do centro de ciências sociais, saúde e tecnologia, Daniel Costa, informou ter sim vontade de voltar presencialmente mas que tem que haver calma e cautela para que não tenha medidas precipitadas, mas que também estão fazendo o possível para entender o interesse da comunidade acadêmica, para que isso ocorra a universidade vem realizando questionários online no site, sigaa, com o intuito de saber o que os discentes, docentes e administrativos pensam a respeito do retorno presencial.

Pensando nos calouros e veteranos que não tiveram a oportunidade de ingressar presencialmente na instituição, foram pedidas algumas dicas e saberes através do whatsapp para veteranos e professores que já estiveram essa chance de conhecer a universidade. Além de acadêmicos e docentes, foram coletadas também informações dos portais da UFMA que contribuíram para a conclusão das dicas. Se você conhece mais alguma, conta para a gente. Estamos curiosos.

Confira a lista:

  • Local para reunião de trabalhos:

A biblioteca da UFMA no campus de Imperatriz além do serviço de empréstimos ainda oferece levantamento bibliográfico, treinamentos, projetos de incentivo à leitura, cabines de estudo em grupo onde dá pra fazer reuniões de trabalhos e cadastro de senha. Atualmente a biblioteca de Imperatriz possui um amplo acervo com mais de 300 livros disponíveis para os acadêmicos. Durante o período remoto a biblioteca está funcionando nas terças e quintas de nove horas da manhã até uma hora da tarde, com possibilidade de alteração no horário caso as aulas sejam presenciais em março deste ano.

  • Como funciona a xerox:

O campus do centro de Imperatriz dispõe de uma sala de xerox que fica no lado do Centro de Pedagogia. Quando falarem da xerox é bom lembrar de levar o dinheiro bem trocadinho para pagar ele (Jean), afinal, não disponibilizam debito nem crédito. Detalhe, nessa possível volta presencial Jean afirmou que voltará a atender nos três turnos e ainda nos confirmou que “como hoje todo mundo recebe pix, também estarei”. O retorno da xerox contará então com funcionamento de manhã, tarde e noite e ainda com possibilidade de pagamento via pix.

  • Na sala da xerox:

A sala de xerox tem um computador disponível para quem precisar baixar arquivos caso estejam no e-mail e coisas desse tipo. Ou seja, um pen-drive é material essencial para o retorno às aulas. Lá vocês também vão encontrar pastas com os nomes de professores e disciplinas. Então não deixem de passar por ali antes de começar o semestre.

  • Melhor forma de se hidratar:

O prédio de jornalismo da UFMA dispõe de dois bebedouros, sendo um no andar de cima e o outro no debaixo. Dizem por aí que o melhor lugar para beber água ou repor a garrafinha (sim, um calouro consciente traz sua garrafa recarregável, mesmo porque na UFMA não tem copos descartáveis) são os bebedouros do andar de cima do bloco de jornalismo. Ali água é mais gelada se comparada com os bebedouros de baixo. Fica a dica.

  • Banheiro feminino:

A UFMA contém quatro banheiros no prédio de jornalismo com distinção entre feminino e masculino, mas tem lá seus problemas. Às vezes as portas do banheiro feminino não fecham, então fica a dica de ir junto com uma colega pra segurar a porta e evitar perrengue e apesar do período remoto, ainda não foi resolvido o problema.

  • Como funciona o empréstimo da biblioteca:

O empréstimo é exclusivo aos usuários que possuem vínculo com a Universidade cadastrados no SIGAA e na biblioteca. A quantidade de material para empréstimo são 04 exemplares e o prazo do empréstimo depende do tipo de material (livros: 14 dias; periódicos, obras de referência, publicações da UFMA, autores maranhenses, monografias, dissertações e teses: 01 dia; cd-rom: 03 dias). A devolução pode ser feita por terceiros e a não devolução no prazo implica em multa de R$ 0,50 por dia e por material bibliográfico

 

  • Elevador:

Para melhor acessibilidade ao segundo andar, não funciona todas as vezes, mas quase sempre. Inclusive já foi tema de matéria no imperatriz notícia (https://imperatriznoticias.ufma.br/ha-seis-meses-estragado-elevador-da-ufma-segue-sem-previsao-de-conserto/), infelizmente o elevador permanece sem conserto.

  • Internet:

    O wi-fi funciona com um ótimo sinal em todo o campus e pode ser acessado pelos alunos tranquilamente, basta logar com suas informações do SIGAA.

  • Animais:

Por último, mas não menos importante, o cuidado com os gatinhos que vivem pelo campus, perto da xerox ficam as rações e água dos bichinhos. Cuide sempre deles!

E a nossa famosa mascote, a cachorrinha Potência, que já passou por duas cirurgias bancadas pelos nossos professores, foi recentemente adotada durante a pandemia por um casal

Leia Também