Doar sangue é um ato de amor, por meio da doação podemos salvar vidas. no entanto, é necessário que se tenha alguns cuidados: o doador deve ter idade entre 18 e 65 anos, peso igual ou acima de 50kg, ter uma boa saúde e apresentar documento de identidade com foto.  Atualmente, o Brasil possui 32 hemocentros coordenadores e dois mil e 33 serviços de hemoterapia, incluindo hemocentros regionais, núcleos de hemoterapia, unidades de coleta e transfusão, central de triagem laboratorial de doadores e agências de transfusão. A doação de sangue é 100% voluntária e beneficia qualquer pessoa, independente de parentesco com o doador.

O procedimento para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, porque nenhum material usado na coleta é reutilizado, o que elimina qualquer possibilidade de contaminação. Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarréia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar sangue por um período.

Atualmente o Hemomar chega a coletar cerca de 180 bolsas de sangue por dia,  mas não é o suficiente o ideal seria de 250 a 300 bolsas. O técnico de hemoterapia do Hemomar Jailson da Silva Ferreira é responsável pela captação, que garante a qualidade do sangue que será doado. “O processo de doação ao paciente inclui a realização testes para determinar se ele está apto”. afirma.

 

Você sabe o que pode impedir a doação de sangue?

Ter passado por um quadro de hepatite após os 11 anos de idade; evidência clínica ou laboratorial de doenças transmissíveis pelo sangue como:  hepatites b e c, AIDS, que é provocado pelo vírus HIV, aquelas associadas aos vírus HTLV um e dois e a doença de chagas.

Uma única doação de sangue pode salvar até quatro vidas. um simples gesto de amor e solidariedade pode gerar muitos sorrisos. faça sua parte, independentemente de parentesco entre o doador e quem receberá a doação.

O sangue é insubstituível e sem ele é impossível viver. Por isso, o ministério da saúde reforça periodicamente a importância dos brasileiros adotarem a cultura solidária da doação regular e espontânea de sangue. o objetivo é manter os estoques sempre abastecidos e não apenas em datas específicas como no período das festas natalinas e de final do ano que registram um alto índice de acidentes, ou quando algum conhecido precisar.

Leia Também